O respeito ao direito dos animais, assim como as riquezas naturais, precisam também, passarem a ser encarados como potenciais turísticos, pois demonstra que existe no local, um alto grau de civilidade.

Ao mencionarmos os direito dos animais, e qual a importância de preservá-los , faz-se necessário pensarmos sobre o papel da sociedade na regulamentação de nosso convívio e na contribuição para o relacionamento harmonioso e o bem-estar social, através das leis e das campanhas de conscientização.

O debate sobre a valorização e o respeito ao direito dos animais teve seu crescimento acentuado na segunda metade do século XX, fruto da conscientização de parte da humanidade em relação a necessidade de garantir a eles uma condição de vida digna.

Devemos ter em mente que, além de uma simples preocupação ecológica, a proteção dos animais também incide fortemente no equilíbrio da comunidade e na prática do turismo responsável.

Para que cada vez mais pessoas se envolvam com a causa dos animais, no dia 4 de outubro , é comemorado como Dia Nacional de Adotar um Animal, uma campanha educativa que promove ações positivas em favor dos animais.

Esta data que esta sendo comemorada pelo 13o. ano consecutivo, visa  conscientizar e mostrar que o problema dos animais abandonados tem solução, que isto não está relacionado diretamente com  a existência deles, por isto eliminá-los não resolve o problema, precisamos sim, alterar a maneira que o ser humano os vê dentro da sociedade. É preciso mudar as atitudes para rever os conceitos.

Idealizado pela ambientalista e presidente da Fundação Animal Livre (www.animalivre.org.br) , Vininha F.Carvalho,  incentiva a adoção dos animais abandonados.

“Existem muitos animais abandonados à espera da oportunidade de serem adotados. Uma chance de encontrar comida, um teto, saúde e carinho. Enfim, de encontrar uma família, que possa tratá-los com respeito e dignidade”, afirma Vininha .

Neste data, também deverão ser realizadas atividades , em várias localidades, ressaltando a importância da posse responsável e da esterilização , como uma maneira para promover o bem-estar dos animais.

As relações com os animais são espelho das nossas próprias relações e recriamos o seu mundo a imagem e semelhança do nosso, por isto , a proteção do direitos dos animais deve refletir nossa responsabilidade social, reforçando nosso compromisso com a preservação da natureza

O movimento ambientalista e de proteção aos Direitos dos Animais demonstra a preocupação com a integridade do planeta, pois precisamos salvá-los enquanto ainda é tempo, incentivando as pessoas a promoverem o turismo responsável e o exercício da cidadania.

Como participar :

Divulgando esta proposta para seus amigos, nas escolas, nas igrejas, enfim ecoando no coração das pessoas. Através de cartazes confeccionados com criatividade, poderá divulgar em vários locais públicos, clinicas veterinárias e pet shops.

Cada aliado que se disponha ajudar , será sempre uma grande conquista e aumentará a possibilidade de diminuirmos o número de animais abandonados.

As entidades protetoras e os protetores independentes poderão realizar eventos de manifestação de apoio e assim, estarão fortalecendo a sua participação neste processo de valorização e respeito ao animal na sociedade.

Del Valle Editoria
assessoria@animalivre.com.br

Siga-nos em:

Comments

comments