Início » Especial

Após ação da polícia, índios perdem acampamento e permanecem em Brasília

13 de July de 2010 Sem Comentários

Baseados em decisão da 6ª Vara Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal, policiais de Brasília desmontaram na madrugada deste sábado (10) o acampamento que indígenas mantinham desde janeiro na frente da Esplanada dos Ministérios.

Mesmo com a saída da maior parte dos acampados, alguns indígenas permanecem no local, dormindo em redes, na sombra de árvores ou no gramado. Eles protestam contra a atual direção da Fundação Nacional do Índio (Funai) e pedem encontro com o Ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto.

No sábado, cerca de 300 policiais militares, civis e federais, além de fiscais do governo, recolheram as barracas e pertences do acampamento e prenderam quatro pessoas, entre elas dois indígenas.

De acordo com os indígenas, os policiais também prenderam um documentarista e um francês que trabalha com direitos humanos e acompanhavam a tribo. Os policiais foram violentos, usaram spray de pimenta e chegaram a agredir mulheres, crianças e idosos, segundo os indígenas.

Em nota publicada na internet, a Funai afirmou que negociou a retirada voluntária de 186 indígenas do local e ofereceu hospedagem aos que têm origem em aldeias fora de Brasília.

Globo Amazônia