Início » Meio Ambiente

Brasil no rumo da economia costeira mais verde

30 de January de 2012 Sem Comentários

O Ministério do Meio Ambiente (MMA), por meio do Departamento de Zoneamento Territorial (DZT), participa, até esta sexta-feira (27/1), de encontro promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) sobre a proteção do ambiente marinho, em Manila, nas Filipinas.

O debate visa rever os compromissos dos países frente ao Programa de Ação Global para a Proteção do Meio Marinho Frente às Atividades Baseadas em Terra (GPA), bem como estabelecer as ações para os próximos cinco anos, considerando os atuais desafios para a proteção do ambiente marinho.

Essa é a terceira reunião de revisão do GPA, antecedida (nos dias 23 e 24/1) pela Conferência Global sobre as Conexões Terra-Oceano, cujo tema central foi: rumo a uma economia costeira mais verde. Na oportunidade, governos, especialistas e cientistas analisaram questões emergentes relacionadas ao ambiente costeiro e marinho e apontaram recomendações para atuação do GPA em temas como lixo marinho, serviços ambientais dos ecossistemas costeiros, saneamento, gestão de deltas e estuários e gestão de nutrientes.

O Brasil está envolvido com o GPA desde sua criação, em 1995, tendo desenvolvido em 2001 um Programa Nacional de Ação e participado ativamente das duas reuniões anteriores, em 2001 e 2006.

Após esta reunião, serão identificados os pontos de convergência com as prioridades estabelecidas para o Brasil e reafirmados os compromissos internos frente ao Programa, como, por exemplo, apoiar os países na implementação de processos de monitoramento e de avaliação da qualidade do ambiente marinho e costeiro e aprofundar o conhecimento sobre os serviços ambientais prestados por estes ambientes.

Além disso, o Brasil também tem avanços a apresentar, como a colaboração com outros países em temas como política de resíduos sólidos, saneamento e redução do uso de sacolas plásticas, dentre outros.

ASCOM