virada-sustentavelEvento acontece em toda a Grande São Paulo e terá quatro dias de duração

 

A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), maior distribuidora de gás natural do Brasil, apoiará a Virada Sustentável, por meio da lei de incentivo estadual (ICMS). A quarta edição do evento, que acontecerá entre os dias 28 e 31 de agosto, contará com mais de 700 atrações gratuitas espalhadas em diferentes locais da Grande São Paulo. Serão quatro dias tratando de temas como biodiversidade, cidadania, resíduos, mobilidade urbana, água, direito à cidadania, mudanças climáticas, consumo consciente e economia verde. O objetivo da iniciativa é apresentar uma visão ampla, positiva e inspiradora da perenidade.

 

Sobre a Virada

Idealizada por comunicadores que reconhecem a importância da abordagem positiva de um tema para gerar o envolvimento e a mudança de comportamento das pessoas, o evento teve sua primeira edição em 2011, quando reuniu mais de 500 mil pessoas em 482 atrações distribuídas em 78 espaços. No segundo ano, mais distribuída por São Paulo, com ações e atrações em todas as regiões da cidade, a Virada se democratizou. Reuniu em torno de 740 mil pessoas em 612 atividades gratuitas localizadas em 149 locais. Em 2013, o evento reuniu 695 atrações e atividades em 152 locais de São Paulo, com público aproximado de 800 mil pessoas. Mais informações em:  www.viradasustentavel.com.

 

Sobre a Comgás

A Companhia de Gás de São Paulo é a maior distribuidora de gás natural canalizado do Brasil. A Comgás responde por 22% do total das vendas do energético no País e atende aos segmentos residencial, comercial e industrial, além de usinas termoelétricas, plantas de cogeração e postos de gás natural veicular (GNV). Ao todo, a rede de distribuição da companhia se estende por mais de 11,7 mil quilômetros, em 75 municípios da sua área de concessão (localizados na Região Metropolitana de São Paulo, Região Administrativa de Campinas, Baixada Santista e  Vale do Paraíba).

 

A Comgás opera no regime de concessão, por contrato firmado em 1999 com o Estado, através da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp). Desde a privatização, a Companhia ampliou significativamente a sua presença na área, que é composta por 177 municípios, que concentram cerca de 27% do PIB Brasileiro, com 9,2 milhões de residências e 10 milhões de veículos.

Siga-nos em:

Comments

comments